Carros que sairão de linha em 2024 - Blog
ADD ANYTHING HERE OR JUST REMOVE IT…

Blog

Notícias

Carros que sairão de linha em 2024

Carros que sairão de linha em 2024

Antes que fique assustado com o título, quando falamos de carros que sairão de linha em 2024. Não quer dizer que eles vão sair das ruas ou não serão mais vendidos. Vamos explicar melhor no decorrer deste artigo como funciona. 

“Sair de linha” é o termo que se usa para quando um veículo deixa de ser produzido, ou seja: não teremos mais uma versão dele “0 km”. Isso pode acontecer por vários fatores, seja por se tratar de um veículo defasado, pode ser que a fabricante esteja para lançar um novo modelo, etc.

Separamos alguns modelos já conhecidos no nosso mercado que dirão adeus à sua produção. 

Toyota Yaris e Yaris Sedan

Toyota Yaris Hatch (esq.) e Yaris Sedan (dir.)

Em muitos casos, quando uma fabricante decide que irá tirar um modelo de linha é devido aos seus números de vendas, em certas ocasiões, a meta de modelos a serem comercializados não atinge o esperado.

Mas não foi o caso dos irmãos Yaris, hatch e sedan. Depois de uma reestilização em 2022, os modelos continuaram performando muito bem nas tabelas de veículos emplacados no Brasil, com números acima dos 40 mil ao ano.

Porém, a Toyota decidiu que era a hora de trazer um novo modelo que pudesse fazer companhia para o Corolla Cross, SUV médio da fabricante. Por isso, será necessário que a produção de ambos, hatch e sedã fossem interrompidas. 

O modelo em questão é o… Yaris! Mas não uma versão como as que serão descontinuadas e sim a versão Cross, que será baseada na plataforma do Yaris tailandês e será uma novidade no mercado para brigar com SUVs médios e pequenos. 

Yaris Cross, deve chegar para competir no mercado de SUVs pequenos e médios

Renault Logan e Stepway

Renault Logan, a versão sedã do Renault Sandero

Diferente de seu “primo” Sandero, os Renault Logan e Stepway (esse antes era apenas uma versão antes de se tornar um modelo separado) continuaram sendo fabricados mesmo depois do Renault Sandero ter saído de linha em 2022. 

O Sandero continuou sendo produzido, mas não em território nacional. Ele está até hoje sendo comercializado na Argentina, com fabricação no próprio país e na Europa sob a marca Dacia. 

O motivo da saída do mercado é bem parecido com o do Toyota Yaris, a Renault estava preparando o terreno para um novo veículo, nesse caso foi o Renault Kardian, com a premissa de unificar o mercado da fabricante em apenas 1 modelo de entrada. 

Renault Kardian, pronto para ser a maior aposta da montadora nos últimos anos

Nissan Leaf 

Um dos primeiros modelos 100% elétricos à venda no Brasil

Esse é um caso diferente de todos aqui nessa lista e seria perfeitamente aceitável se você nunca nem tivesse ouvido falar nesse carro. 

Digamos que o Nissan Leaf chegou cedo demais para a festinha dos carros elétricos e híbridos aqui no Brasil. O modelo deu as caras no mercado nacional em 2019, momento em que a popularização dos carros elétricos ainda estava longe de acontecer. 

Uma sucessão de fatores atrapalhou o Leaf, em 2019 não havia quase nenhuma estrutura para carros 100% elétricos; o governo não prestava incentivo às importações de veículos elétricos para o país o que fazia com que os que existiam à venda por aqui tivessem preços altíssimos. 

Por fim, em 2023 a fabricante em uma tentativa quase que desesperada para entrar na briga dos carros elétricos no país, diminuiu em aproximadamente 60 mil reais o preço do Nissan Leaf. Mas já era tarde, o modelo não vendeu bem e a Nissan optou por encerrar a produção aqui no Brasil.

A Nissan ainda tem planos para trazer veículos elétricos para o nosso país e brigar com grandes como a BYD e Hyundai, só que dessa vez com um SUV compacto, o Nissan Ariya.

O Nissan Ariya vem aí para competir com gigantes em nosso mercado

Chevrolet Cruze e Cruze Sport6

Cruze Sport6 (esq.) e o Cruze (dir.), dando adeus ao nosso mercado.

O mercado para sedãs médios no Brasil não é o mesmo que era no começo da década. Modelos como o próprio Cruze, Toyota Corolla e Ford Fusion ainda são figuras muito presentes nas ruas, mas com menos fôlego. 

O Cruze foi lançado no Brasil em 2011 e de imediato conquistou o coração dos motoristas brasileiros. Por muito tempo fez sucesso no mercado, mas desde 2016 veio apresentando uma diminuição no número de vendas, com alguns saldos de menos 1500 unidades emplacadas durante um ano. 

Considerado o sucessor espiritual do Vectra, o Cruze estava sendo um guerreiro em nosso mercado. A América do Sul foi a última a descontinuar o modelo, que já havia deixado a linha de produção na Ásia, Europa e EUA. 

Não se sabe se teremos um substituto direto do Cruze em nosso mercado, mas o que se especula é que a General Motors pretende embarcar de vez na onda dos SUVs compactos e trazer o Chevrolet Trax para o Brasil.

Chevrolet Trax, um novo SUV médio

Citroën C4 Cactus

O Citroën C4 Cactus chegou inovando e vai deixar uma marca

O Citroën, fabricante francesa, com muita história no nosso país, saiu de uma situação que muitos considerariam como “da água para o vinho”. Por si só, a fabricante sempre foi pioneira e à frente do seu tempo, sempre com novas tecnologias, designs arrojados, etc. 

Porém, por muito tempo, por questões da “má fama” dos carros franceses, criada pelos mecânicos brasileiros, a montadora sofreu sendo sempre aquela que fica em segundo (ou às vezes até em terceiro) plano. 

Mas com veículos super consolidados no mercado, a Citroën com certeza tem o seu lugar no Hall da Fama do mercado automotivo nacional. Desde da criação da Stellantis, supergrupo de montadoras que atualmente dominam o cenário mundial, modelos como o próprio C4 Cactus fizeram tremendo sucesso. 

O motivo do adeus do C4 Cactus é que a Stellantis tem planos de expansão e a solução encontrada foi descontinuar o modelo e aproveitar a sua base para a produção de outros e atingir mais públicos, além da produção de modelos completamente novos. Digamos que é preciso de espaço na fábrica, então foi a única opção. 

Dentre os modelos que poderão vir através dessa jogada, temos o C3 Aircross, modelo exclusivo de 7 lugares.

A nova geração do Citroën C3, chamada C3 Aircross vem com 7 lugares

E você, vai sentir falta de alguns dos veículos citados? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[html_block id="258"]
Definir o menu de categorias em Definições de Tema -> Cabeçalho -> Menu -> Móvel menu (categorias)
Crie seu primeiro menu de navegação aqui
Comece a digitar para ver as postagens que você está procurando.
Loja
Lateral

2022 Associação Múltipla de Proteção Automotiva. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: